Nutrição



Hortaliças e frutas estão mais presentes no cardápio dos adultos

Levantamento foi realizado pelo Ministério da Saúde


Hortaliças e frutas estão mais presentes no cardápio dos adultos

Os brasileiros estão consumindo de forma regular mais frutas e hortaliças segundo um levantamento realizado pelo Ministério da Saúde, o Vigitel 2015 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico). O que não significa que a alimentação como um todo possa ser considerada saudável, já que o consumo de doces e refrigerantes continua excessivo.

Neste levantamento foram ouvidos moradores de 27 capitais brasileiras. Em 2010, 29,9% dos adultos consumiam frutas e hortaliças regularmente. Em 2015 este índice subiu para 37,6%, sendo que tais alimentos são mais consumidos por mulheres. O feijão é bastante consumido, cerda de 64,8% das pessoas ouvidas o consome cinco dias ou mais da semana. O hábito de trocar as refeições principais – almoço ou jantar – por lanches existe entre 15,5% dos entrevistados, principalmente entre idosos.

Infelizmente, alimentos pouco saudáveis também estão presentes no cardápio dos brasileiros. Carnes gordurosas, incluindo as aves com pele são consumidas por 31,1 dos brasileiros, sendo que os homens as consomem mais que as mulheres. Elas também consomem mais doces e sobremesas que os homens. Todos os dias, 20,1% da população se deliciam com essas guloseimas. Diariamente, 19% brasileiros bebem refrigerantes ou sucos artificiais. Ai o maior consumo é masculino.

Com o objetivo de estimular a alimentação saudável, o Ministério da Saúde apresentou uma portaria que estabelece que as refeições nos restaurantes e órgãos e eventos vinculados a instituição devem dar prioridade aos cereais, raízes e tubérculos, verduras, legumes, frutas, castanhas e outras oleaginosas, leite e derivados, carnes, ovos e pescados em detrimento dos alimentos industrializados que contenham excesso de açúcar, gordura e sódio. E a proposta é levar as novas regras para outros órgãos federais, como também escolas públicas e privadas.




Veja Mais...





Clique aqui e veja todas as matérias

Confira também nossos guias


Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone