Atividade Física


Exercícios físicos ajudam desempenho escolar

Foi constatado que jovens que realizavam atividades tinham mais propensão a participar de esportes, possuindo também comportamento disciplinado.


Exercícios físicos ajudam desempenho escolar

É o que indica uma nova pesquisa da Universidade de Montreal, realizada em parceria com o Hospital Infantil CHU Sainte Justine, ambas instituições canadenses.

 

Veja também:

Como promover uma alimentação saudável para a criança?

Obesidade infantil já virou epidemia global

Atividade Física

 

O que levaria a esse resultado é o sentimento de comprometimento que o esporte ajuda a estimular, o que ajuda crianças e adolescentes a compreenderem melhor a necessidade de se respeitar regras e cumprir responsabilidades. Esse estudo foi baseado em uma análise de dados feita pelo Estudo Longitudinal de Desenvolvimento Infantil de Quebec, em que participaram 2 694 crianças nascidas na cidade entre 1997 e 1998. Foram observadas questões sobre a participação de crianças em atividades extracurriculares. Se essas atividades provocariam autodisciplina, principalmente em esportes.

Além dos benefícios físicos, exercícios físicos favorecem a memória e a concentração

Hoje, praticamente todas as escolas possuem em sua grade curricular aulas de educação física. Quando praticados de forma regular, os exercícios favorecem o aprendizado, a memória e a concentração. Por isso as escolas estão valorizando tanto a educação física.

Pesquisas já comprovaram que os exercícios físicos beneficiam a memória, facilitando a absorção de informações e conseguindo até a modificação da estrutura do cérebro, formando novos neurônios. Quem começa a se exercitar muito jovem enfrenta menor risco de sofrer com doenças degenerativas no futuro, como Mal de Alzheimer e Mal de Parkinson.

O cérebro se beneficia com os exercícios porque o sangue o nutre através dos vasos e limpa-o de substâncias prejudiciais, como o gás carbônico. O ato de se exercitar diariamente estimula ainda uma maior liberação do fator de crescimento endotelial, formando novos vasos sanguíneos, e levando o sangue a ofertar ao organismo cada vez mais nutrientes.

Outros transmissores, como o glutamato, auxiliam na neuroplasticidade, a dopamina que atua na cognição, atenção e motivação ou a serotonina, que também estimula a capacidade de aprendizado e interfere no humor, auxiliando quadros de depressão e ansiedade. Crianças que por alguma razão estão vivenciando essas situações, se beneficiarão se forem estimuladas a prática de atividade física.

 

Segundo dados do IBGE o sobrepeso atinge mais de 30% crianças brasileiras entre cinco e nove anos de idade

Com o sobrepeso vem problemas graves como hipertensão, diabetes, colesterol alto, entre outros.
A melhor maneira de reverter esse quadro é inserir a prática de atividades físicas na vida das crianças. Exercitar-se de forma regular traz grandes benefícios nessa faixa etária, não só físicos, como sociais, como a capacidade de interação social.

Mas não adiantar impor determinada atividade à criança que precisa emagrecer. O ideal é estimular a criança a experimentar diversas atividades, dando-lhe oportunidade de decidir a que mais lhe agrada.

A natação é uma boa sugestão, que alem de contribuir com a perda de peso, promove uma melhora do sistema cardiorrespiratório e aumenta a capacidade de resistência. Futebol melhora o desenvolvimento motor, a agilidade e o equilíbrio. Artes marciais como judô e karatê melhoram a capacidade respiratória e o equilíbrio emocional. São muitas as opções, deixe seu filho experimentar.

 

Mas não é só no Brasil… Obesidade infantil já virou epidemia global

Se o seu filho está obeso, saiba que a doença já é tratada como epidemia global, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PENSE), que é realizada pelo Instituto da Pesquisa Nacional de Saúde (IBGE), junto com o Ministério da Saúde.

Dieta inadequada e falta de atividade física são os principais responsáveis pelo preocupante quadro. Diabetes, hipertensão e colesterol alto também contribuem para a obesidade infantil. Outro fator é o fato da criança passar muitas horas diante da televisão, quando a Academia Americana de

Pediatria recomenda que o tempo seja apenas de uma hora por dia para crianças de ambos os sexos na faixa etária de 2 a 5 anos.

Como exercitar crianças nesse período de idade? O exemplo deve começar pelos pais, não só em relação a prática de exercício, como desenvolver hábitos de uma alimentação balanceada e saudável.

Em primeiro lugar os pais devem se conscientizar que não devem passar tantas horas diante da televisão ou celular e nem permitir que os filhos criem esse hábito.

Caminhar em parques e praças ao lado dos filhos pode ser uma atividade muito prazerosa nessa fase, como também ensinar os pequenos a andar de bicicleta, jogar bola com eles e resgatar atividades do tempo de criança, como pular amarelinha, brincar de esconde-esconde, entre outras.

É importante, desde cedo, desenvolver nas crianças a conscientização que a atividade física é um momento de prazer, de diversão e não uma obrigação. Brincar com outras crianças em locais de lazer também pode ser uma maneira de manter a obesidade distante da vida dos pequenos.

 

Traga uma modalidade nova para a vida de seu filho, e aproveite para incluir a família toda!

Pedalar e nadar são atividades que devemos aprender desde pequenos. Inclusive, é um ótima forma de integrar pais e filhos, com movimento físico e diversão. Os exercícios em uma bike estimulam a atenção, a concentração, a disciplina e a interação social.

Quem aprende a pedalar já na infância desenvolve equilíbrio, coordenação motora, velocidade, estabilidade e força nas pernas. Quem comanda todas essas atividades é o cerebelo, parte do encéfalo responsável pela coordenação motora e pelo equilíbrio, que fica na região da nuca, logo acima do pescoço.

O ato de pedalar emagrece e nos tira do sedentarismo. Desde que seja praticado no mínimo por 30 minutos, três vezes por semana. O praticante vai perceber sensações de alegria e prazer, porque a atividade aumenta a produção de beta endorfinas, que provocam esses sentimentos. Sem falar que a pressão arterial e o controle glicêmico também serão beneficiados.

Felicidade é um dos maiores objetivos do ser humano. Quem nessa vida pedala por obrigação? Bicicleta é sinônimo de prazer, de vento no rosto, riso e muita diversão.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias

Confira também nossos guias


Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone