Atividade Física


Exercícios que ajudam a emagrecer

Alguns exercícios são ferramentas fundamentais para quem deseja emagrecer. Os principais são os aeróbicos. Caminhada, corrida, ciclismo e natação.


Exercícios que ajudam a emagrecer

Tais atividades, junto com uma dieta balanceada, garantirão o emagrecimento.

 

Veja também:

Exercícios de alongamento específicos para o estresse

A prática de exercícios irá prejudicar minhas varizes

Exercícios podem modificar nosso coração

 

O ato de caminhar deixa a barriga seca. A vantagem do exercício é que ele pode ser feito ao ar livre, na academia ou em casa. Os ambientes externos favorecem pessoas que se desestimulam em caminhar em ambientes fechados utilizando a esteira. O ideal é caminhar em parques ou na orla marítima. E acrescentar dificuldade a caminhada utilizando ladeiras e escadas. Alem de secar o abdômen, a caminhada vai modelar os músculos das pernas, coxas e glúteos.

A corrida pode ajudar ainda mais no processo de emagrecimento. E proporciona benefícios as funções cognitivas como a memória e o aprendizado.

Também aumenta o sistema imunológico, diminui sintomas de ansiedade e depressão e melhora o condicionamento cardiorrespiratório, tornando o coração mais resistente.

A natação, considerado um exercício completo, também ajuda a emagrecer, principalmente se durante o treino houver alternância nos tipos de nado.

Quanto mais diversidade na maneira de nadar, maiores serão os estímulos fornecidos ao corpo. E mais energia o praticante irá gastar. O exercício também ajuda a ampliar e coordenar melhor os movimentos e a aumentar a flexibilidade das articulações.
Por fim o ciclismo. Quem pedala, além de perder peso, vê o risco de problemas cardíacos reduzidos. A atividade ajuda a modelar glúteos e pernas.

‘’ Os treinos aeróbicos são ideais para queima de gordura, já que captam a gordura corporal como reserva energética do corpo. Atividades como corridas, caminhadas, bicicleta e natação’’, afirma o educador físico Alexandre Augusto.

Estes tipos de práticas físicas ajudam a acelerar o metabolismo, contribuindo para o aumento do gasto calórico e a consequente perda de peso. Mas não esqueça: sempre procure orientação de um profissional de Educação Física antes de iniciar seu treinamento.

Calcule a sua taxa de Metabolismo basal, e saiba, aproximadamente, quantas calorias você gasta em 24 horas…

TMB – Taxa de Metabolismo Basal

Mudar o estimulo do exercício aeróbico também é muito bom, aí que entram os treinos intervalados

HIT é a sigla em inglês para ‘’High Intensity Training”, ou Treino de Alta Intensidade e o HITT se refere ao ‘’High Intensity Interval Training”, que pode ser traduzido para Treino de Alta Intensidade Intervalado.

O HIT é muito utilizado em treinamentos que utilizem a musculação, com métodos de intensidade que fazem com que o exercício seja praticado até que o indivíduo alcance a exaustão máxima possível. É basicamente um treino de intensidade altamente elevada.

Já o HIIT é um método que ficou muito popular nos últimos anos e procura alternar intervalos de altíssima intensidade no treino, com períodos de recuperação, como por exemplo, correr na esteira por um tempo e depois descansar pelo mesmo período de tempo, ou fazendo isso de forma proporcional, de acordo com cada protocolo.

Mas qual seria o melhor para perder peso? Com a palavra o educador físico Alexandre Augusto: ’’Tanto o HIT quanto o treino intervalado são bons para a queima de gordura corporal. O HIT mantem o corpo acelerado praticamente o tempo todo com menos intervalo. Já o treino intervalado tem um maior intervalo entre um tipo forte e outro, ou seja, maior variação de batimento cardíaco na sessão de treino. O treino intervalado promove maior queima de gordura visceral, a maior responsável pelo aumento de fatores de risco quando acumulada em excesso. Aconselho variar os treinos’’.

Marcio Atalla fala tudo sobre emagrecimento, confira abaixo:

Fazer exercícios inibe formação de novos tecidos adiposos…

Um grupo de cientistas da Universidade da Flórida afirmou que o hormônio irisina ajudaria a inibir a formação de novo tecido adiposo. Este hormônio é liberado quando o coração e outros músculos estão em esforço, além de ajudar a queimar gordura e evitar que novas células de gordura se acumulem.

Segundo especialistas, também promove a saúde cardiovascular e ossos mais fortes, segundo os especialistas. A irisina cumpre papel fundamental na transformação dos estoques de energia de células de gordura branca em células de gordura marrom, que queima calorias.

A co-autora do estudo, Li-Jun Yang, destaca que estas descobertas revelam um benefício extra da atividade física.

O melhor horário para praticar exercícios depende do nosso relógio biológico.

Inclusive o desempenho pode ser auxiliado ou prejudicado se a pessoa estiver alerta ou sonolenta na hora escolhida para praticar a atividade física.

Por essa razão existem estudos para avaliar as vantagens e desvantagens da prática de exercícios em vários períodos do dia. Porém, o consenso dos pesquisadores, segundo o ponto de vista metabólico e fisiológico, é que sejam praticados longe dos horários das refeições. De preferência nas primeiras horas da manhã. Neste período do dia é mais fácil estabelecer uma rotina de exercícios, principalmente porque não atrapalham a rotina profissional.

Vários estudos reforçam os benefícios da atividade física praticada pela manhã. Durante o dia, graças ao hormônio da endorfina, o praticante terá mais disposição e sensação do prazer. Já no final do dia o desempenho na atividade tende a ser maior, já que os níveis hormonais estão no ápice.

Quando o verão vem chegando, começa também a corrida pela boa forma. Muita gente apela para dietas mais radicais e aumentam a quantidade de atividade física na esperança de recuperar os quilinhos a mais adquiridos no inverno. Mas, que tal dessa vez fazer diferente, optando por uma dieta saudável e equilibrada, exercícios físicos realizados de forma regular e hidratar o corpo bebendo muita água?

Quem não fez uma loucura antes do verão em busca de um corpo perfeito? O pior é quando apelamos para medicação com objetivo de emagrecer sem prescrição médica ou apelamos para anabolizantes com o objetivo de turbinar os músculos em tempo recorde. Práticas perigosas que podem afetar gravemente à saúde e até provocar risco de morte.

A grande verdade é que não adianta correr atrás da boa forma perdida para emagrecer e ganhar músculos. Conseguir boa forma em pouco tempo pode ser muito perigoso. A redução de gordura corporal ou ganho de massa muscular só se consegue com equilíbrio entre alimento, treino e repouso.

Para chegar sarado no verão, o primeiro passo e buscar orientação adequada. Isso inclui endocrinologista, nutricionista, e profissional de Educação Física. Ninguém deve começar uma dieta e/ou atividade física sem o apoio desses profissionais. Os cuidados podem retardar um pouco a conquista do tão sonhado corpinho, mas permitirá que se chegue à meta de forma saudável.

 

Além do treino, é interessante incorporar uma rotina de alimentação apropriada e descanso

Seguir uma rotina de exercícios com o objetivo de ganhar músculos e obter melhores resultados na academia não é fácil e tampouco rápido. É preciso ter paciência e adotar alguns procedimentos.

Primeiramente, é necessário incorporar no dia a dia uma rotina de alimentação saudável, e os tradicionais conceitos continuam valendo: evitar os doces e refrigerantes e ingerir mais fibras, alimentos integrais e fibras. Por isso também, nunca vá para academia em jejum. Se o objetivo é emagrecer, desista. Seu corpo iniciará um processo chamado catabolismo, que faz perder massa muscular e não gordura.

Outra medida a ser considerada é aliar a musculação a exercícios aeróbicos. Dessa forma, emagrecer e ganhar massa muscular magra será mais fácil.

Fazer sempre os mesmos movimentos por um longo período de tempo, também não é aconselhável. Tente diversificar. E, por último e não menos importante, procure descansar. Não é necessário e nem faz bem a saúde treinar sete dias na semana sem algum intervalo. Procure aprender a ouvir a sabedoria do seu corpo. Ficou cansado, descanse.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias

Confira também nossos guias


Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone