Atividade Física


Os riscos da má utilização dos aplicativos fitness

Treinos inadequados e generalizados podem causar lesões


Os riscos da má utilização dos aplicativos fitness

Muitas pessoas vêm utilizando os aplicativos fitness nas redes sociais. O objetivo desses apps é oferecer treinos rápidos e fáceis aos usuários. Uma espécie de facilitador da vida de quem não tem tempo ou paciência para realizar exercícios em academia.

O problema desses aplicativos é que eles oferecem treinos intensos, usando movimentos multiarticulares e grandes músculos. Mas eles não levam em conta as variáveis de um treino, o que pode vir a causar riscos de lesões. Os exercícios também são generalizados, não considerando que muitos praticantes precisam de um treino personificado. Não levam em conta o nível de condicionamento físico, o preparo e o estado de saúde dos usuários.

Para oferecer resultados satisfatórios, exercícios precisam ter qualidade. Só assim o praticante de atividade física conseguirá sustentar os benefícios que ela pode proporcionar. Saúde é coisa séria e não pode ser conseguida de forma indiscriminada.

Os apps podem se úteis e não precisam ser abolidos, desde que sejam devidamente acompanhados por um profissional de atividade física. O especialista ajudará a escolher o melhor aplicativo e orientar os exercícios, nem que seja num primeiro momento. Com o tempo, o praticante irá se familiarizar com as posições corretas e aprender a respeitar os limites do seu corpo.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias

Confira também nossos guias


Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone