Atividade Física



Sedentarismo é o novo cigarro

Sedentários correm mais risco de contrair doenças que os fumantes


Sedentarismo é o novo cigarro

Se você é sedentário, mas não fuma, corre mais riscos de ter problemas de saúde do que o fumante. A conclusão partiu de um estudo realizado pela Fundação Clínica de Cleveland, nos Estados Unidos. A instituição realizou uma análise do desempenho físico de 122.007 voluntários, que foram submetidos a exercícios na esteira e testes de stress. Foram levados em conta dados como sexo, idade, altura, peso e índice de massa corporal (ICM), medicamentos tomados, tabagismo e doenças como diabetes, hipertensão, entre outras.

Após oito anos de monitoramento dos participantes, a revista “Time Health” divulgou que a atividade física prolonga a vida, inclusive para os que praticam muitos e intensos exercícios, desde que realizados da forma correta. Exercitar-se também beneficia hipertensos e idosos.

Já o sedentarismo traz muitos riscos. O autor do estudo, Wael Jaber, em entrevista a CNN, confirmou: “Não ter aptidão física, que é a capacidade de realizar atividades com tranquilidade e menor esforço, deve ser considerado um fator de risco para a mortalidade da mesma forma que doenças como hipertensão, diabetes e tabagismo, se não for mais forte do que todas”.

O fato do sedentarismo ser mais prejudicial a saúde do que doenças graves foi a constatação mais impressionante. Principalmente para os sedentários que passam a maior parte do dia sentados. Estes têm um risco três vezes maior do que os fumantes.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias

Confira também nossos guias


Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone