Colunistas



Treinamento Milagroso

Hoje em dia somos bombardeados de informações por todos os lados


<Treinamento Milagroso

Mídias sociais, sites de pesquisa, a internet é uma vasta biblioteca, mas nem sempre de qualidade confiável. Ou muitas vezes, pela facilidade e rapidez não nos atemos a pesquisar mais profundamente, com maior atenção.

Uma das coisas que mais vemos são as dietas e treinamentos milagrosos, “faça a dieta da atriz X e você emagrecerá em 7 dias”, “execute o programa de treinamento do fulano e fique com o abdômen tanquinho”… e na verdade esse não é o caminho correto a ser seguido. Quando falamos em treinamento, seja para emagrecimento ou performance, temos alguns pontos importantes a serem considerados.

Da parte do profissional de Educação Física, considerar individualidade biológica, objetivos e um bom planejamento de treino, assim o profissional minimiza as chances de erro, decepção do cliente e até mesmo de possíveis lesões.

Do lado do Cliente para que ele obtenha sucesso é muito importante ter foco, determinação e comprometimento. Criar metas como provas de corrida, ou qualquer outra modalidade, até mesmo uma competição entre amigos, faz com que esse processo torne-se mais divertido e estimulante.

Lembre-se, de nada adianta você copiar um treino da internet, revista ou de um amigo e achar que vai ter o mesmo resultado. Cada indivíduo tem uma resposta diferente devido às suas características. Por isso cada um deve ter sua programação de atividades direcionada ao seu objetivo, disposição de tempo, condição física. Pensar, por parte do profissional, que a atividade física é receita de bolo e que todos os alunos podem seguir uma mesma programação, já é negligente. Pensar, por parte do aluno, que se pode seguir o que as celebridades fazem, e que nem sempre é a verdade que revelam, é ainda pior.

Mas, se você não tem tempo, disposição, recursos ou mesmo vontade de fazer um treinamento de atividade física, o melhor é tentar colocar o movimento em sua rotina, fazer caminhadas, usar mais as pernas, e quem sabe uma bicicleta, para se locomover. Mas, não entrar nessa furada de querer achar um milagre, uma porta mágica ou copiar a receita dos outros.


Veja Mais...