Colunistas



Você sabe qual a temperatura ideal para tomar banho?


Banhos quentes e prolongados podem prejudicar a saúde da pele e dos cabelos. Especialista explica por que isso ocorre e aponta os benefícios do banho frio.


<Você sabe qual a temperatura ideal para tomar banho?

Após um dia estressante de trabalho, não há nada melhor do que tomar um longo banho quente, afinal, a água em temperaturas mais altas promove o relaxamento corporal. Mas, apesar do banho quente ajudar a acalmar a mente e o corpo, a alta temperatura da água é prejudicial à saúde da pele. Isso ocorre, pois a água quente remove alguns dos óleos naturais que tem como função formar uma barreira sobre a pele e proteger o tecido cutâneo.

Consequentemente, a pele torna-se seca e mais suscetível às agressões externas. Além disso, o hábito de tomar banhos quentes pode causar um efeito rebote, promovendo o aumento da produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas, o que favorece o aparecimento de cravos e espinhas. O hábito é ainda pior durante o inverno, época em que a grande maioria das pessoas opta pela água praticamente fervendo, pois o ar frio já torna a pele naturalmente mais seca.

E não é só a pele que sofre com os banhos quentes e prolongados. O cabelo e o couro cabeludo também acabam sendo prejudicados. Isso por que, segundo o especialista, da mesma forma que na pele, a água quente remove os óleos naturais do cabelo, tornando-o mais seco, e estimula a produção de oleosidade pelo couro cabeludo, conferindo aos fios um aspecto sujo e oleoso, além de favorecer o aparecimento da caspa.

A alternativa então é optar pela água fria, que, aliás, possui uma série de benefícios. O banho frio ajuda a fechar as cutículas abertas dos fios, auxiliando assim a bloquear a perda de umidade e nutrientes, o que evita que estes tornem-se quebradiços e secos. Já com relação à pele, a água fria ajuda a contrair os vasos sanguíneos, fechando os poros e diminuindo a vermelhidão e o inchaço, e aumenta a circulação na região, conferindo ao rosto um aspecto mais brilhoso e saudável. Além disso, o banho frio possui um efeito revigorante, sendo assim obrigatório para quem precisa de energia no início do dia. Isso por que o corpo reage ao frio, melhorando a circulação sanguínea e estimulando o organismo.

Mas para aqueles que não suportam um banho frio, uma boa dica é começar com a água morna e ir diminuindo a temperatura. Mas se nem assim você conseguir encarar a água fria, banhos curtos, com menos de dez minutos, em água morna já são o suficiente para manter a pele e o cabelo com uma aparência brilhante e saudável. Se você estiver em dúvida se a água está na temperatura ideal basta observar sua pele. Se você ver que ela está ficando vermelha, é melhor abaixar a temperatura.

Por: Lucas Portilho


Veja Mais...






Conheça todos os nossos colunistas



Dra. Paola Pomerantzeff Dra. Paola Pomerantzeff

Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).






Dra. Aline Lamaita Dra. Aline Lamaita

Cirurgiã Vascular, Angiologista e membro da Sociedade Brasileira de
Angiologia e Cirurgia Vascular






Lucas Portilho Lucas Portilho

Mestre em Ciências Médicas pela Unicamp.






Dra. Kédima Nassif Dra. Kédima Nassif

Dermatologista e Tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar.






Carlos Lopes Carlos Lopes

Dr Carlos Lopes, 50 anos, médico-ortopedista, especialista em ortopedia do esporte. Ex-atleta de natação, atual praticante amador de corrida, bike e funcional. Mas muito disciplinado. Instagram: drcarloslopesortopedista, site: www.drcarloslopes.com.br






Gustavo Slaib Gustavo Slaib

Gustavo Slaib, triatleta profissional e empresário, promete trazer dicas para quem quer começar a pedalar, nadar, correr ou fazer os três juntos!






Juliana Bravo Guerrero Juliana Bravo Guerrero

Juliana Guerrero, 32 anos, nutricionista, especialista em fisiologia do exercício e nutrição funcional. Informação baseada em ciência, sem modismos. Acredita que é possível ser saudável e comer com prazer!






Miu Paltronieri Miu Paltronieri

Miu Paltronieri, especialista em atividade física na gravidez e no pós parto, 36 anos com 2 filhos que praticam comigo vários esportes como surf, calistenia, luta e Crossfit






Peter Pichnoff Peter Pichnoff

Peter Pichnoff é professor de Educação Física 34 anos, sócio em uma Assessoria Esportiva (GP Coaching , RJ) remador profissional e praticante de triathlon.






Riani Riani






Wagner Romão Wagner Romão

Wagner Romão é triatleta, Major do Exército, professor de Educação física e técnico de triathlon nível I pela CBTri. Integrou as delegações nacionais nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008 e Jogos Panamericanos Rio 2007 e Guadalajara 2011.






Maria Fernanda Elias Maria Fernanda Elias






Juliana Menezes Juliana Menezes

Juliana Menezes, 43 anos, fisioterapeuta especializada no Método RPG (Reeducação Postural Global), pós-graduada em Anatomia Humana e especialista em Terapia Manual pela ACNT de Sydney / Austrália. Trabalha com coluna vertebral há 19 anos.