Vida e Saúde - Dicas Rápidas



Saúde vive uma crise mundial


Falar sobre a crise de saúde virou fato comum. Mas a dolorosa realidade é que a baixa qualidade do atendimento médico provoca 153 mil mortes anualmente no mundo, segundo revelou um estudo realizado em 137 países de baixa e média renda. Essa foi a primeira pesquisa realizada com o objetivo de avaliar o impacto que os sistemas de saúde de má qualidade causam a população. Foi constatado que 5 milhões de mortes que ocorrem por ano no mundo ultrapassam aos óbitos que acontecem por falta de acesso aos sistemas de sáude, que foram de 3,6
milhões.

A pesquisa foi realizada pela Comissão de Saúde Global de Alta Qualidade, um projeto do jornal cientifico “The Lancet” patrocinado pela Fundação Bill e Melina Gates. Do estudo participam 30 acadêmicos especialistas em sistemas de saúde e políticas públicas de 18 países.

Muitos dos países estudados melhoraram o acesso aos serviçoes de saúde, mas o péssimo atendimento acaba causando mais mortes do que a falta de acesso. Consultas rápidas, falta de respeito e preconceito foram os maiores problemas que os pesquisadores diagnosticaram.

A má qualidade no atendimento é cinco vezes maior do que as mortes por HIV/AIDS (em torno de um milhão) e três vezes maior que as mortes por diabetes (1,4 milhão) por ano no mundo.


Veja Mais...