Estilo de Vida - Dicas


A dica dessa semana é para o coração! Os fatores de risco do coração são modificáveis. Você sabe exatamente o que evitar para esse músculo ficar 100%?


A maioria dos fatores de risco para o coração é modificável. Tabagismo, colesterol, obesidade, estresse, sedentarismo, hipertensão e diabetes podem ser mudados com hábitos de vida e, em alguns casos, com medicamentos.

Saiba exatamente como hábitos errados prejudicam seu coração:

Fumo – Segundo o comitê antitabaco da Sociedade Brasileira de Cardiologia, o fumo aumenta em três vezes a chance de infarto. Ele também interfere em outros fatores de risco, como hipertensão arterial e colesterol alto.

Álcool – Estudos como o Interheart ( que envolveu 30 mil pessoas nos cinco continentes e foi patrocinado pela Organização Mundial de Saúde), apontam que o consumo moderado de álcool (duas doses por dia para homens e uma por dia para as mulheres) pode diminuir o risco de doenças do coração. Acima dessas doses, aumenta a chance de derrame hemorrágico, eleva a pressão arterial e os níveis de triglicérides.

Estresse – Além dos efeitos imediatos, o estresse está associado a uma série de efeitos indiretos. Pessoas estressadas têm tendência a fumar mais, alimentar-se mal, abandonar a atividade física etc.

Sedentarismo – Segundo a OMS, a falta de atividade física praticamente dobra o risco de a pessoa desenvolver doenças cardiovasculares.

Equipe Bem Star


Veja Mais...