Estilo de Vida - Dicas


Descubra se existem vantagens em utilizar o sal marinho no lugar do sal refinado, clicando aqui!


Biologistas reafirmam freqüentemente a importância do cloreto de sódio para a manutenção do metabolismo e do equilíbrio do sistema imunológico. Na Natureza os seres vivos adquirem o sódio dos alimentos, sem precisar adicionar alguma coisa, como no caso do sal usado pelo Homem.

Na verdade, se os seres-humanos vivessem num ambiente mais natural, usando apenas alimentos retirados do meio ambiente de forma pura e integral, não precisaríamos de sal.

Porém, a vida na sociedade moderna na qual habitamos, gera o desgaste físico e a conseqüente perda de minerais importantes, seja pelo estresse ou perda de nutrientes numa dieta com alimentos refinados como açúcar branco, farinhas e etc.

O sal marinho tem um teor de sódio menor do que o do sal refinado, portanto pode ser uma boa opção de dieta para quem sofre de hipertensão. No entanto, no processo de lavagem deste, perde o iodo, que tem de ser acrescentando artificialmente, ao contrário do sal refinado, rico em iodo.

Independente de qual tipo de sal se utiliza, é bom lembrar que o excesso deste alimento pode provocar doenças como hipertensão arterial,edemas,eclampsia e pré-eclampsia,arteriosclerose cerebral,aterosclerose,cálculos renais e biliares, nódulos na tireóide e disfunções das paratireóides.

Por Marco de Cardoso


Veja Mais...