Estilo de Vida - Dicas


Energizando!


Segundo a ciência chinesa chamada Feng Shui, nós, humanos, devemos estar em harmonia com o Universo, já que somos parte dele. E para isso, vamos cuidar, não apenas do nosso corpo, nossa mente, nossa alimentação. Mas vamos cuidar da nossa moradia, nossa casa, para nos posicionarmos a ponto de recebermos o melhor fluxo de energia (chamada).

A força superior que permeia todos os seres do universo é uma energia chamada “Chi” e é a chave para a compreensão do Feng Shui.

O “Chi” é a Energia Vital que impulsiona a vida e está em constante mudança em ciclos calculados pelos chineses. Um dos principais objetivos do Feng Shui é determinar onde o “Chi” circula mais fácil e livremente dentro das construções.

Existem dois tipos de “Chi”: o benéfico e o maléfico, isto quer dizer, que essa energia em velocidade ou estagnada torna-se nociva e passa a ser chamada de “Sha Chi” – essa energia pode ser percebida quando estamos em um local no qual nos sentimos desconfortável, com uma atmosfera perturbadora.

Manter um ambiente em ordem, limpo e arejado é essencial para o Feng Shui. A energia não pode ser contida. Perceba como o excesso de coisas acumuladas transmite uma sensação de opressão. Isto ocorre porque nossa vida precisa fluir livremente como a energia em nossa casa ou ambiente de trabalho – sem encontrar obstáculos. O ato de limpeza coloca em ordem seu próprio íntimo e abre espaço para que tudo à sua volta possa respirar livremente.

A aplicação correta do Feng Shui valoriza os espaços em que permanecemos por mais tempo, como o quarto, a sala e o escritório. Não é necessário fazer grandes modificações no imóvel, como, por exemplo, quebrar paredes. As soluções geralmente são simples, não sendo preciso recorrer a alterações na estrutura original. Também é importante observar o entorno do imóvel e analisar que tipo de “Chi” entra nos ambientes.

Equipe Bem Star


Veja Mais...