Estilo de Vida - Dicas


Hidratante injetável do país


Já está nos consultórios dos dermatologistas, cirurgiões plásticos e médicos estéticos brasileiros um produto que irá revolucionar o mercado de cosmética nacional. O restylane Vital é o primeiro hidratante injetável a base de ácido hialurônico, que permite, através da hidratação da derme, atenuar rugas e marcas finas de expressão.

Produzido e comercializado pelo laboratório sueco Q-Med, o restylane Vital foi aprovado recentemente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Desde quando começou a ser comercializado, em 22 de fevereiro, já foram vendidas 350 unidades do produto, reflexo da busca por uma pele mais hidratada, mesmo com a exposição ao sol durante o verão.

Utilizado há um ano na Europa, o produto faz parte da linha restylane, lançada há dez anos e única no mundo a usar a tecnologia Nasha (Non Animal Stabilized Hyaluronic Acid). A NASHA consiste na estabilização da molécula de ácido hialurônico, que fica com menos de 1% de diferença da molécula natural, permitindo que o organismo aceite melhor os implantes e prolongando seu tempo de atuação para até um ano. Como comparação, se o ácido hialurônico for injetado como é organicamente, o corpo humano o absorverá em 48h. “Diversos médicos que conheceram o produto em congressos e feiras no exterior fizeram a encomenda antes mesmo de sua chegada ao Brasil” destaca Mariana Orioli, diretora-técnica do Q-Med Brasil.

O RESTYLANE Vital é o único produto da linha usado somente para hidratação e o tratamento tem duração de aproximadamente seis meses. O ácido hialurônico, matéria-prima do produto, pertence a um grupo de compostos chamados glicosaminoglicanos e é encontrado na concentração de 56% na pele, 27% em tecidos conectivos, como tendões, ligamentos e cartilagem, e 8% nos músculos, entre outros órgãos. Sua função é dar elasticidade à pele, volume e forma aos olhos e tecidos, além de atuar como lubrificante.

Segurança

O maior diferencial da NASHA em relação às técnicas similares é que estas utilizam o ácido hialurônico reticulado, em que o grau de modificação varia de 18 a 25%. Quanto mais alto esse percentual, maior a probabilidade de reações adversas ao implante. Além de ser mais segura, a tecnologia do Q-Med elimina a possibilidade de transmissão de doenças auto-imunes, o que não acontece com os ácidos de origem animal, e torna possível que o implante tenha efeito por mais tempo. Por ser de origem não animal, não é necessário que o paciente realize testes prévios de alergia.

A produção da Nasha e sua utilização possui um extenso suporte clínico publicado em todo o mundo. Foram mais de 4 milhões de tratamentos bem sucedidos. Além disso, a Q-Med realiza testes clínicos, de acordo com os protocolos aprovados pelas agências reguladoras. Atualmente, o laboratório possui a patente para utilizar a Nasha até 2016.

O restylane Vital só pode ser aplicado por médicos e é indicado para o rosto, pescoço, colo e mãos. Cada aplicação custa a partir de R$ 600,00 e dura em média meia hora.


Veja Mais...