Estilo de Vida - Dicas


Novo exame pode diagnosticar propensão a Hipertensão Arterial


Ao mesmo tempo em que somos bombardeados com notícias sobre como cuidar de nossa saúde, temos mais trabalho pela frente, mais assuntos para resolvermos, família, amigos, trabalho, entretenimento, mil coisas que deixam nossos dias curtíssimos. E por causa dessa correria acabamos esquecendo que precisamos nos cuidar.

A pressão alta, que pode ser desencadeada tanto pelo stress, quanto pela má alimentação e falta de exercícios físicos diários, atinge de 10% a 30% da população. E o pior: muitas vezes temos a doença e não sabemos.

O perigo é que, na maior parte das vezes, só descobrimos quando estamos em situações extremas, como em discussões ou com acúmulo de problemas.

Até pouco tempo, a única forma de saber se havia a propensão à Hipertensão Arterial, era analisando antecedentes familiares. Hoje, existe o Estudo Molecular do Gene (GSH), que pode diagnosticar a propensão à pressão alta com maior eficácia.

Apesar de a doença atingir uma parte grande da população, poucas pessoas sabem da existência do exame, que pode ser encontrado no Laboratório Richet. Além de ajudar pessoas que já começam a sentir os sintomas da pressão alta, pode também facilitar o uso da medicina preventiva, já que o paciente pode saber se tem propensão, mesmo que nunca tenha sentido nada.

Por Julia Costa


Veja Mais...