Estilo de Vida - Dicas


Tecnologia dos fatores de crescimento


Uma excelente opção para tratar rugas e manchas no verão é a tecnologia dos fatores de crescimento. Eles são proteínas encontradas no organismo que estimulam a produção de colágeno e têm um papel importante em reverter sinais da idade mediados pelo envelhecimento cronológico e fotoenvelhecimento.

De acordo com a dermatologista Fernanda Sanchez (RJ), pós-graduada em dermatologia pela UERJ e em medicina estética pela Associação Internacional de Medicina Estética, o verão pode ser um prato cheio para o aparecimento de alguns probleminhas de pele, como as primeiras rugas, sardas, melanoses solares, melasma e espinhas. Mesmo durante a estação mais quente do ano, a especialista garante que é possível tomar alguns cuidados e lançar mão de certos tratamentos para evitar a maioria desses problemas ou impedir que eles se agravem.

As rugas podem ser atenuadas durante a estação mais quente do ano com o uso de substâncias que não são fotosensibilizantes e cremes cuja formulação possua a tecnologia dos fatores de crescimento. “Esta tecnologia, também conhecida como GFP, é sucesso no exterior, e no Brasil já vem sendo utilizada por algumas farmácias de manipulação. Os fatores de crescimento são proteínas encontradas naturalmente no organismo, que estimulam a produção de colágeno.

Eles têm um papel importante em reverter sinais da idade mediados pelo envelhecimento cronológico e fotoenvelhecimento”, explica. Segundo a médica, o estímulo desses fatores proporciona à pele firmeza, luminosidade e elasticidade, e sua ação, se associada ao uso de Vitamina C e alfahidroxiácidos, pode ainda combater as manchas de pele.

Quem tem a pele oleosa também costuma sentir uma piora com o aumento da temperatura. Isso acontece porque, no calor, as glândulas sebáceas produzem maior quantidade de sebo, e o excesso de exposição solar faz com que a pele engrosse para se defender da radiação. Contra a oleosidade excessiva, a médica recomenda lavar o rosto no máximo três vezes ao dia, sempre com água fria e com sabonetes sebonormalizantes e suavizantes, que podem ser à base de camomila, aloe vera, própolis e zinco. “Os produtos mais adequados são aqueles que não retiram em excesso a gordura da superfície da pele, mas promovem um equilíbrio”, ensina.

A especialista lembra ainda que o excesso de exposição aos raios ultravioleta pode causar também a diminuição da imunidade do organismo, agravando ou fazendo reaparecer processos infecciosos, como o herpes simples. “Neste caso, o ideal é seguir uma alimentação balanceada, com bastante vitamina C, e evitar alimentos ricos em arginina, como chocolate e abacaxi, sem esquecer do bloqueador labial com FPS maior que 30”, afirma.

Por Daniele Monte


Veja Mais...