Marcio responde



Tenho lido algumas matérias de revistas falando dos benefícios de se consumir chia e óleo de coco. Queria saber se é verdade? Já ouvi dizer que até ajuda a emagrecer.

Marcio Atalla responde às suas dúvidas, aqui


Tenho lido algumas matérias de revistas falando dos benefícios de se consumir chia e óleo de coco. Queria saber se é verdade? Já ouvi dizer que até ajuda a emagrecer.

Tenho lido algumas matérias de revistas falando dos benefícios de se consumir chia e óleo de coco. Queria saber se é verdade? Já ouvi dizer que até ajuda a emagrecer.

Cristina Albuquerque – Niterói, Rio de Janeiro

Bem, o primeiro problema é esse: ouvi dizer, li em algum lugar… São as famosas lendas urbanas. E elas sempre têm que existir, e cada vez tem que haver um assunto diferente, uma novidade. A bola da vez são a chia e o óleo de coco. E você não é a única pessoa que quer saber sobre o assunto. Recebi mais de 100 e-mails com a mesma questão. Bem, existem sim alimentos funcionais, que são aqueles que promovem algum tipo de benefício à saúde das pessoas, como baixar o colesterol, melhorar a digestão, etc. A chia é um alimento rico em ômega 3, em diversos minerais, sobretudo o cálcio, e é excelente fonte de proteínas e fibras. Sua funcionalidade é combater o colesterol elevado e regular as taxas de açúcar no sangue. Se atribui à chia a propriedade emagrecedora pelo fato de facilitar o trânsito intestinal e provocar saciedade no apetite. Coisa que todo e qualquer alimento muito rico em fibras também proporciona.

O óleo de coco é feito com a gordura da própria fruta, e de fato é mais saudável que os outros óleos vegetais, como o de canola ou o de soja. Rico em ácidos graxos, há quem diga que ele pode aumentar a queima de calorias por ter um efeito termogênico dentro do nosso corpo. Nesse caso, a pimenta também aumenta a temperatura corporal, e com isso aumenta o gasto calórico, mas na verdade, isso acontece infimamente, e está longe de ser considerada uma poderosa arma para o emagrecimento. Porém, ambos são alimentos funcionais e saudáveis, e devem sim ser consumidos. Mas, não existe uma única maneira de se manter saudável. Se você é uma pessoa sedentária, por exemplo, e passa a consumir óleo de coco em cápsulas ou a ingerir chia misturado aos sucos e saladas, mas ainda assim, não faz nenhuma atividade física, e entre uma cápsula e outra, você toma um sundae ou come uma saco de batata frita, certamente sua saúde não vai ter nenhum benefício. Todos esses alimentos funcionais devem ser usados de forma complementar, devem estar aliados a bons hábitos de vida, à atividade física regular, a boas escolhas na alimentação. Não existe mágica, e provavelmente, nunca existirá. Construímos nossa saúde a cada dia.

O essencial é que sejamos pessoas ativas, ou seja, que em pelo menos 21, 22 dias do mês, façamos alguma atividade física, com duração mínima de 30
minutos. Que ao escolhermos em um restaurante ou mesmo em casa, que tipo de refeição vamos fazer, pensemos o que realmente precisamos para
alimentar nosso corpo de forma rica e diversificada. Nós temos que nutrir essa máquina, que somos nós, e que precisa de cuidados para funcionar bem, a pleno vapor. Não vale colocar a responsabilidade de emagrecer e se manter saudável no óleo de coco, na chia, ou em qualquer outro alimento.

Vale fazer por você, todo dia um pouco, sem radicalismos, sem neurose, com a simples consciência do bem que você está fazendo pra você mesmo.


Veja Mais...