Nutrição


Água in natura para enfrentar o verão

Não adianta substituir a bebida por refrigerantes, chás e sucos industrializados


Água in natura para enfrentar o verão

Com esse calor escaldante que anda fazendo no verão brasileiro, a população não pode descuidar da hidratação. Principalmente crianças, idosos e mulheres que estejam em fase de aleitamento, que sofrem mais risco de sofrer uma desidratação.

Não adianta substituir por refrigerante, sucos ou chás industrializados. Só vale substituir a água por sucos e chás naturais, mas não se deve abrir mão da água pura, que é indispensável para a preservação de nossa vida.

E quem não têm o hábito de beber água constantemente? Como proceder? A nutricionista Laís Monteiro deu preciosas dicas para o site Saúde Brasil, do Ministério da Saúde, que podem ajudar muito a aumentar o consumo: “Temperar a bebida com limão, hortelã, canela em pau, gengibre e/ou abacaxi; passar a andar com uma garrafinha d´água; ingerir mais frutas e legumes, beber um copo de água antes das refeições”, sugere a especialista.

E existe quantidade ideal de água a ser ingerida diariamente? Isto depende de fatores como idade, peso, se a pessoa realiza atividade física, clima do local onde reside. Geralmente o ideal é ingerir 2 litros de água por dia, mas atletas podem ter necessidade de ingerir o dobro.

Sempre que surgir a necessidade de água, que é sinalizada pela sede, representa um sinal que o organismo está necessitando de hidratação.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias

Confira também nossos guias


Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone