Nutrição


Saiba sobre os diferentes tipos de leite, suas vantagens e desvantagens

Essencial na infância, o leite não perde importância na fase adulta, principalmente para prevenção de doenças como a osteoporose.


Saiba sobre os diferentes tipos de leite, suas vantagens e desvantagens

Consumi-lo diariamente é sempre bom, mas costuma surgir uma dúvida na hora de escolher qual comprar.

“A maioria das pessoas, até por não conhecer bem os outros tipos, opta por levar para a casa o leite de vaca, o mais popular”, afirma a nutricionista Patrícia Ramos, coordenadora do Serviço de Nutrição e Gastronomia do Hospital Bandeirantes.

Para ajudar a conhecer mais as variações, Patrícia Ramos respondeu à entrevista abaixo:

Qual dos três leites é nutricionalmente melhor para o organismo de um adulto?

Nutricionalmente, para o adulto, a ingestão do leite de vaca e seus derivados é a recomendada, pois a possibilidade de atingir as recomendações de cálcio é muito maior. Para manter ossos saudáveis, precisamos ingerir entre 1000 a 1500mg de cálcio por dia. Esta meta torna-se muito difícil de ser alcançada se houver a impossibilidade do consumo do leite de vaca. Para atingir o índice, deve-se beber de quatro a cinco copos (200ml). No caso de gestantes, mulheres na menopausa e idosos, o leite de cabra possui uma quantidade de cálcio superior ao de vaca. Mas cuidado: em sua composição há o dobro de gordura.

E para uma criança?

O leite materno é a melhor opção para alimentação dos lactentes até, pelo menos, os seis primeiros meses de vida, não sendo necessário suplementar com outro alimento ou água. Após esta idade, pode-se iniciar a introdução novas formas de alimentação, em conjunto com o aleitamento materno. As vantagens são imunológicas, nutricionais, fisiológicas, odontológicas e psicológicas. Após o desmame, a criança passa a ingerir outros tipos de leite, geralmente com boa tolerância. O pediatra que a acompanhou desde o nascimento saberá qual tipo de leite é o mais indicado.

Qual dos três tipos de leite é mais gorduroso?
Entre os três, o de maior teor de gordura é o de cabra. Em 100ml possui 6,2g de lipídeos, enquanto que o leite de vaca integral possui 3,5g de lipídeos em 100ml. Também é o mais calórico: 92 Kcal em 100 ml.

Qual bebida tem maior incidência de alergia?

A alergia ao leite de vaca é muito comum em crianças, porque normalmente é este tipo de bebida que tem o primeiro contato com o organismo do ”baixinho”, tornando-se uma proteína “estranha”. Estima-se que cerca de?7,5% dos pequenos apresentem alergia à proteína do leite de vaca. Nos adultos, a alergia é considerada rara. O leite de cabra é hipoalergênico e difere do leite de vaca por sua digestibilidade maior. A composição proteica do leite de cabra é semelhante ao de vaca, mas o teor reduzido da proteína A-A-1-caseína?favorece a formação de coágulos menores, o que facilita o processo digestivo.

Qual a composição nutricional do leite de soja, vaca e cabra?
Leite de soja – 100ml
Kcal: 38
Proteínas: 3,0 g
Lipídeos: 1,4 g
Carboidratos: 3,8 g
Cálcio: 36 mg

Leite de vaca – 100ml
Kcal: 63 calorias
Proteínas: 3,2 g
Carboidratos: 4,8 g?
Cálcio: 119 mg

Leite de cabra – 100ml
Kcal: 65 calorias
Proteínas: 3,4 g
Carboidratos: 4,4 g
Cálcio: 134 mg

 

Veja também:
Lista de calorias do leite e seus acompanhamentos

 

Para quem está em dieta de emagrecimento, qual o melhor para ser consumido?

O leite de vaca desnatado é tão rico em cálcio e proteínas quanto o tipo integral. Sua baixa quantidade de gordura lhe permite ser pouco calórico, mas com o mesmo valor nutricional. Por isto, é uma excelente opção nas dietas de perda de peso.

Para uma pessoa que está se recuperando de alguma doença grave, qual é o melhor leite a ser ingerido?

Depende da doença. O fato de uma doença ser grave não é indicador para definir o tipo de leite. Ex: pacientes com deslipidemias (colesterol e triglicérides alto) devem optar pelo leite de vaca desnatado ou leite de soja, que possuem quantidades baixas de gordura. Porém, se este mesmo paciente tiver deficiência de cálcio, o leite de soja torna-se inapropriado, pois a concentração do componente é baixa. Neste caso, optamos apenas pelo leite de vaca desnatado. A avaliação do paciente é muito individual.

Em média, independente do leite, quantos copos da bebida um adulto deve consumir?

De quatro a cindo copos de 200ml, por dia, para atender às recomendações de cálcio. Esta quantidade está relacionada ao leite de vaca. Como cada tipo de leite tem uma concentração diferenciada de cálcio e a quantidade ingerida também muda.

E uma criança?

Uma criança entre um e oito anos necessita de 800mg de cálcio, portanto, 2 copos e meio de 200ml ao dia do leite de vaca.

 

 

Dieta sem lactose não emagrece e pode até engordar

Muita gente, mesmo sem sofrer intolerância à lactose, anda cortando leite e seus derivados do cardápio com o objetivo de emagrecer. Mas especialistas alertam que tal restrição para quem não tem alergia a esses produtos pode até levar a um ganho de peso. Alguns profissionais de saúde acreditam que, além de não engordar, o leite pode ajudar nos programas de emagrecimento, especialmente nas versões desnatadas e semi-desnatadas. O emagrecimento se daria em função do cálcio, que no leite e seus derivados, existe em grande quantidade, o que impediria o acúmulo de gordura, estimulando sua queima.

Quem bebe leite ou consome seus derivados também se sente mais saciado, segundo pesquisa que apontou que a gordura saturada do leite tem um efeito maior na saciedade. O estudo observou que pessoas que fazem dieta e não retiram o leite se sentem saciadas por mais tempo, ao contrário daquelas que deixam de consumir tais alimentos.

Já os que defendem a dieta sem lactose acreditam que a proteína do leite não só contribui para o ganho de peso, como para o estufamento do abdômen. Mas isso só ocorre para quem sofre de intolerância a bebida, que nessas pessoas provoca uma fermentação excessiva.

Sobre a argumentação de que o leite deve ser retirado da alimentação para não causar inflamações ao organismo, devido a suas gorduras saturadas, isso pode ser evitado se for consumido com moderação. A quantidade recomendada é de três porções diárias.

Como escolher o seu tipo de leite?

“O leite tem na sua formação a proteína caseína, que contém carboidrato e todos os aminoácidos necessários, servindo como fonte energética e fornecedor de minerais”, afirma a coordenadora do ambulatório de celulite e obesidade da Sociedade Brasileira de Medicina Estética (RJ). Veja a seguir os tipos de leite e a finalidade de cada um:

– Leite integral: É o mais gorduroso e possui o maior valor calórico, porém possui a mesma concentração de cálcio do leite desnatado. Pode aumentar o colesterol de pessoas com predisposição a doença.

– Leite desnatado: Para as pessoas em processo de emagrecimento, esta é uma ótima opção pelo menor valor calórico e menor quantidade de gordura dentre eles. Possui baixo teor de colesterol.

– Leite de soja: Possui a proteína isolada de soja, a isoflavona, além de alta concentração de ferro, zinco e vitamina A. É indicado para mulheres na menopausa, pois a isoflavona alivia sintomas como calores e sudorese que ocorrem nessa fase. Não altera os valores do colesterol e é hipoalergênico.

– Leite integral enriquecido com ferro: Esse tipo de leite é indicado para gestantes devido ao quadro de anemia presente nessa fase.

– Leite de soja enriquecido com cálcio: Indicado para os vegetarianos, com o objetivo de prevenir a osteoporose. O tipo de alimentação desse grupo, rica em ácido fítico presente em farelos de trigo e chás, diminui a absorção de cálcio no organismo.

 

O leite pode ser uma bom alimento durante a vida toda

O leite é considerado um alimento ‘’quase perfeito’’. Afinal, não é pra menos, em sua composição, o produto possui proteínas, carboidratos, gorduras e minerais fundamentais como o cálcio, por exemplo.

O cálcio é essencial para a saúde e para gerar força nos ossos. A falta deste mineral faz a ossatura ficar ‘’porosa’’, fraca aumentando a chance de fraturas. É a doença mais conhecida como osteoporose.

E o leite pode ser inserido e mantido na rotina alimentar em vários formatos. Hoje é muito fácil encontrar em qualquer supermercado o leite integral, desnatado, semidesnatado ou até sem lactose. Lembrando ainda que o leite também pode ser ingerido através de seus derivados como iogurtes, queijos, bebidas lácteas e até sorvetes.

Então…viva o leite!

 

 




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias

Confira também nossos guias


Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone