Nutrição


Tomate: vermelho de saúde

O tomate possui uma substância chamada licopeno, que dá a cor vermelha a este fruto (sim, o tomate é o fruto do tomateiro, não é legume como muitos pensam) e tem ricas propriedades nutritivas...


Tomate: vermelho de saúde

No Brasil, o tomate é muito popular. Quem nunca comeu aquela tradicional salada de tomate com alface e cebola, num restaurante ou em casa? Pois é, aqui em nosso país, o cultivo do tomate só perde para o da batata. O que é muito bom para a saúde dos brasileiros.

É que o licopeno, este pigmento que deixa o tomate vermelho, é um poderoso antioxidante natural, agindo diretamente no combate aos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento das células do corpo e por diversas doenças crônicas, como câncer, diabetes, arteroesclesore e cardiopatias.

O licopeno é “primo” do betacaroteno (encontrado nas cenouras) e também atua ajudando a enfrentar os distúrbios no organismo, que se não combatidos, podem levar ao aparecimento de tumores do aparelho digestivo, câncer de próstata e de mama. Também funciona como protetor do sistema cardiovascular.

E uma boa notícia para quem gosta daquele molho de tomate na macarronada: as propriedades do licopeno são potencializadas com o calor, que facilita sua absorção pelo organismo. Portanto, capriche no molho de tomate (mas cuidado para não exagerar nos carboidratos das massas).




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias

Confira também nossos guias


Ícone
Ícone
Ícone
Ícone
Ícone