Vida e Saúde



A importância da reconstrução das mamas após o câncer

Dra. Ana Roxo, cirurgiã plástica, explica sobra a cirurgia


A importância da reconstrução das mamas após o câncer

Toda mulher sabe a importância que os seios exercem na feminilidade, sexualidade, maternidade e autoestima. Por essa razão, a cirurgia de masectomia, que retira total ou parcialmente um ou mesmo os dois seios em função do câncer de mama, pode afetar negativamente a vida, tanto no aspecto psicológico quanto emocional. A cirurgia plástica para a reconstrução se torna então uma necessidade fundamental.

Ouvimos a cirurgiã plástica Ana Cláudia Roxo, professora do Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Pedro Ernesto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), que esclarece questões sobre quando e como a cirurgia é feita:

Depois de quanto tempo, após a masectomia, a cirurgia de reconstrução de mama pode ser feita?

Na mesma cirurgia de retirada da mama. Salvo raras excessões, a paciente já pode sair da cirurgia com a mama reconstruída.
Existem riscos no procedimento? Como em todo o procedimento cirurgico a paciente precisa fazer exames pré- operatórios para avaliar os riscos.

 

Quais os cuidados após a cirurgia?

Curativos locais e evitar pegar peso e realizar atividades físicas no período pós
operatório.

 

Mulheres que venham a ter filhos após cirurgia podem amamentar?

Se retirou a mama não poderá vir a amamentar.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias