Estilo de Vida


Adolescentes obesos podem desenvolver câncer na meia idade

Incidência de tumor no intestino é maior em homens com massa elevada


Adolescentes obesos podem desenvolver câncer na meia idade

A obesidade causa efeitos negativos também por longo prazo. Um estudo, realizado com 240 mil homens, que entre os anos de 1969 e 1976 tinham entre 16 e 20 anos, e que tiveram a saúde monitorada até 2010, através do registro nacional de câncer na Suécia. Durante o monitoramento, que durou 35 anos, 885 homens desenvolveram câncer no intestino. Entre os participantes, 5% estavam moderamente acima do peso; 1,5% muito acima do peso e 1% obeso.

A associação entre a obesidade na adolescência e inflamações intestinais sistêmicas que são associadas a risco de câncer intestinal já tinham sido identificadas em homens de meia idade. Este tipo de câncer, que é o terceiro mais comum no mundo entre homens nesta fase da vida, não foi ainda associado a homens no período da juventude.

Mais estudos terão que ser realizados, mas, mediante as descobertas, os pesquisadores sugerem que ocorram mudanças nos hábitos alimentares durante a adolescência, como forma de prevenção de problemas de saúde no futuro.

O intestino divide-se entre delgado e grosso. No delgado acontece o processo de absorção e digestão de alimentos. No grosso ocorre a absorção de água, armazenamento e eliminação dos resíduos que ficam na digestão. O câncer é mais frequente na região do intestino grosso. Inicialmente os sintomas são assintomáticos e por essa razão a doença é considerada traiçoeira.

Quando os sintomas se manifestam o tumor geralmente já se encontra grande. Por isso é preciso estar atento a qualquer alteração no ritmo intestinal, constipação, diarréia, anemia, sangue ou catarro nas fezes e emagrecimento. Na presença desses sintomas o médico deve ser procurado como forma de prevenção.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias