Estilo de Vida


Altos índices de colesterol no sangue podem causar sérias complicações à saúde vascular

Angiologista dá dicas para controlar o nível de colesterol no sangue, que quando alto pode causar problemas para sua saúde


Altos índices de colesterol no sangue podem causar sérias complicações à saúde vascular

Ao abordar a questão da saúde vascular muito se fala sobre varizes, trombose e coágulos sanguíneos.

 

Veja também:

Estudo aponta que a ingestão diária de abacate pode combater o colesterol

É verdade que atividade física não reduz o colesterol?

Veias e artérias saudáveis

 

Porém, grande parte das pessoas se esquece do colesterol, que é um dos principais inimigos quando se trata de saúde vascular. “O colesterol é um tipo de lipídio naturalmente produzido pelo organismo, mas que também deve ser obtido através da alimentação, afinal, é fundamental para o funcionamento de nosso corpo, sendo responsável por funções como garantir a produção dos hormônios sexuais e da Vitamina D. Porém, apesar de indispensável para o organismo, o colesterol em excesso pode trazer algumas complicações, principalmente para a saúde vascular”, explica a cirurgiã vascular e angiologista Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.

Mas é importante ressaltar que nem todo colesterol é igual. Na verdade, existem dois tipos de colesterol: o colesterol bom (HDL), que é responsável por retirar o colesterol das artérias e transportá-lo até o fígado para ser quebrado, e o colesterol ruim (LDL), este sim responsável por uma série de problemas. De acordo com a especialista, a complicação mais comum decorrente dos altos níveis de colesterol ruim no sangue é a formação de placas de gordura nas artérias que causam o endurecimento e entupimentos dos vasos sanguíneos, condição conhecida como aterosclerose. Com a passagem do sangue pelos vasos dificultada podem ocorrer uma série de doenças vasculares, incluindo derrames, infartos e até mesmo morte súbita. “O grande problema dos altos níveis de colesterol no sangue está no fato de ser uma questão silenciosa: o colesterol aumentado pode não causar sintoma nenhum, entupindo a artéria aos poucos. Então, em alguns casos, a primeira manifestação da alta do colesterol é um infarto ou derrame, não existindo muito o que fazer para prevenir. É uma doença que vem silenciosa e quando se manifesta já causa um problema sério”, alerta a médica.

Logo, para evitar problemas decorrentes da alta taxa de colesterol, é fundamental realizar exames para avaliar os níveis de colesterol regularmente e ficar atento aos fatores de risco, que incluem sobrepeso, consumo de gordura saturada e bebidas alcóolicas em excesso, sedentarismo e estresse, além de fatores intrínsecos como predisposição genética, idade e sexo. “Para prevenir o problema e auxiliar no controle dos níveis de colesterol é importante então tomar alguns cuidados, como praticar atividades físicas regularmente e adotar uma dieta balanceada, que deve ser rica em fibras.

Além disso, é recomendado evitar o consumo exagerado de gorduras, óleo, carne vermelha, laticínios e produtos industrializados. A diminuição do consumo de álcool e a interrupção do hábito de fumar também são fundamentais para manter os níveis de colesterol controlados”, recomenda a Dra. Aline Lamaita.

Porém, para aqueles que já apresentam níveis de colesterol acima do recomendado, é fundamental consultar um médico regularmente, afinal, a intensidade do controle do colesterol, com o uso de medicamentos ou apenas com a adoção de uma alimentação balanceada, depende do risco cardiovascular de cada indivíduo, variando de caso a caso.

FONTE: Cirurgiã vascular e angiologista, Dra. Aline Lamaita

 




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias