Estilo de Vida


Comida congelada da forma certa evita a perda de nutrientes

Estudo do Reino Unido pesquisou os cuidados necessários


Comida congelada da forma certa evita a perda de nutrientes

Você sabe que existe uma maneira de congelar comida evitando a perda de nutrientes? Se realizado de forma correta, o congelamento ajuda a conservar os alimentos, mas o processo exige atenção.

A constatação foi realizada através de estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa em Alimentação do Reino Unido (IFR Extra). Os autores da pesquisa avaliaram valores nutricionais de vegetais como cenoura, ervilha e couve-flor 16 dias após a colheita. Esse é o tempo médio que o alimento leva para chegar à mesa do consumidor. Os pesquisadores descobriram que a temperatura ambiente gera perdas de nutrientes.

Pratos prontos devem ser congelados aos poucos e ser dividido ainda quente em vasilhas com tampa e na quantidade exata que será descongelada. Pratos diferentes devem ser separados no processo de congelamento.

As embalagens precisam ser à prova d`água e com o mínimo de ar possível, de preferência a vácuo. O ideal é que elas impossibilitem o alimento de entrar em contato com o ar do freezer, sejam resistentes a gordura e aderentes ao alimento antes do congelamento. Também devem se soltar facilmente do produto descongelado. Esses aspectos são importantes para preservação dos nutrientes, assim como a textura dos alimentos e suas características.

Depois de descongelado o alimento não pode mais ser congelado, excetuando-se produtos crus. Aliás, o descongelamento varia para cada tipo de alimento. Frutas, bolos, tortas e doces precisam aguardar um tempo, embalados, à temperatura ambiente. Queijos e carnes cruas devem sair do freezer para o refrigerador até descongelar. Os pratos prontos são os únicos que podem ser aquecidos de imediato, sem precisar passar um tempo na geladeira.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias