Estilo de Vida


Damasco tem diversos efeitos benéficos para a saúde

Ajuda à visão, o trânsito intestinal, a pressão arterial e previne o câncer


Damasco tem diversos efeitos benéficos para a saúde

Pequenina e amarela, sabor doce, com leve toque de acidez, o damasco é uma fruta que possui fibras, vitaminas, potássio, ferro, fósforo, magnésio e antioxidantes como carotenoides e flavonoides. No Brasil, a frutinha em sua forma fresca é mais difícil de ser encontrada. Embora o processo de desidratação diminua o conteúdo de algumas vitaminas, outros nutrientes se tornam mais concentrados. O damasco seco possui maior concentração de minerais e vitamina A do que o fresco. A desvantagem é que a fruta seca tem muito mais calorias do que a fresca.

Ainda assim, o damasco se constitui uma boa fonte de fibra dietética. Possui fibras solúveis que ajudam a reduzir os níveis de colesterol, aumentam o bolo fecal e aceleram o trânsito intestinal, prevenindo doenças do cólon, como a diverticulose.

Cem gramas de damascos secos possuem 33% da dose recomendada diária de potássio, ao contrário da versão fresca, que possui apenas 7%. Como se sabe, o potássio ajuda a combater câimbras e a manter a pressão arterial sobre controle. Também se acham em 100 gramas de damasco 72% da dose recomendada diária para a vitamina A, funcionando como um oxidante que é fundamental para o sistema imunológico e saúde dos olhos, ossos, pele, cabelos, gengiva e glândulas.

Damasco possui carotenoides, luteína, zeaxantina, alfa e betacarotono. A luteína e a zeaxantina previnem a degeneração macular senil, que é a maior causa de cegueira na idade avançada.

Como se não bastasse à fruta também é rica em licopeno, poderoso antioxidante da família dos carotenoides, que protegem contra o câncer de próstata, mama, laringe, esôfago e pulmão.

O damasco seco pode ser consumido diariamente ao natural ou como complemento de iogurtes, sucos e vitaminas.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias