Estilo de Vida


Deixe o cérebro mais jovem com a dieta mediterrânea

Cardápio que inclui verduras, frutas e grãos integrais provocaria menor número de perda de células cerebrais


Deixe o cérebro mais jovem com a dieta mediterrânea

Mas um benefício da dieta mediterrânea é comprovado através de uma pesquisa que acaba de ser divulgada. O programa alimentar, que inclui frutas, verduras, grãos integrais e gorduras saudáveis, é uma espécie de fonte da juventude das células cerebrais.

Diversos estudos realizados anteriormente já haviam comprovado que a dieta mediterrânea diminui o risco do Mal de Alzheimer, como outras doenças degenerativas do cérebro. Este estudo, realizado pela Universidade de Columbia, em Nova York, se concentrou nos idosos com função cognitiva normal, observando se a dieta teria capacidade de impedir que células cerebrais tivessem menor número de perdas durante o envelhecimento. No decorrer do estudo, foram analisados hábitos alimentares de 674 idosos. Eles também foram submetidos a exames de ressonância magnética de seus cérebros.  Foi constatado que idosos que se alimentavam segundo os preceitos da dieta mediterrânea apresentavam maior volume cerebral, além de mais matéria cinzenta branca. A diferença de volume cerebral entre os adeptos da dieta mediterrânea e os que não a seguiam assemelhava-se a cinco anos de envelhecimento. Quem comia peixes e consumia menos carne apresentava maior volume de massa cinzenta.

A dieta mediterrânea tem outros benefícios, também comprovados por estudos. Ela ajuda a controlar o colesterol, a pressão arterial e a glicose. Sem falar que é mais saudável para o coração.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias