Estilo de Vida


Entenda definitivamente por que o resveratrol do vinho e dos cosméticos é um excelente anti-idade

Seja da uva, do vinho ou dos cosméticos, o resveratrol está no topo da linha de antioxidantes, ao lado da Vitamina C


Entenda definitivamente por que o resveratrol do vinho e dos cosméticos é um excelente anti-idade

Por que será que as pessoas dizem que um copo de vinho tinto por dia é bom para você? Isso é graças a um antioxidante da pele da uva chamado resveratrol. “Essa molécula traz vários benefícios para a saúde em virtude da sua ação antioxidante, que funciona para combater o envelhecimento.

Além disso, o resveratrol é capaz de ativar a sirtuína-1, proteína que age no aumento da longevidade celular”, explica a cirurgiã plástica Dra. Beatriz Lassance, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da ISAPS (International Society of Aesthetic Plastic Surgery).
Produtos tópicos ou orais com resveratrol são capazes de proteger o DNA de uma célula contra danos causados ​​pelos radicais livres. “Quando falamos em ‘neutralização dos radicais livres’, isso promove um impacto direto na redução dos sinais do envelhecimento e danos celulares responsáveis ​​por câncer de pele”, afirma a médica.

Para entender a importância de um poderoso antioxidante, a cirurgiã plástica explica: “O excesso de radicais livres pode alterar proteínas, lipídeos e até mesmo o DNA. Quando nosso sistema antioxidante não é suficiente, temos uma condição chamada estresse oxidativo, responsável por muitas doenças e inclusive pelo envelhecimento”.

De acordo com a médica, nosso organismo conta com três barreiras antioxidantes e o resveratrol está na linha de frente. “A primeira barreira são as vitaminas, resveratrol, e tudo aquilo que já ouvimos falar sobre antioxidantes (pode investir no suco verde, cúrcuma, pois realmente funcionam). Se essa barreira não for suficiente, temos um sistema de enzimas que transforma os radicais livres em substâncias menos reativas e com menor capacidade de danificar outras moléculas. E ainda temos enzimas capazes de destruir proteínas alteradas pelos radicais livres”, afirma.

Os bons efeitos do resveratrol não param por aí, já que ele também é capaz de estimular a proliferação celular saudável. “É basicamente uma mina de ouro com efeitos antienvelhecimento, incluindo a proteção da pele contra enzimas prejudiciais e o aprimoramento da função dos fibroblastos responsáveis ​​pela criação de colágeno saudável”, diz a médica.

De acordo com a Dra. Beatriz Lassance, o ideal é usar produtos tópicos ou orais com resveratrol a partir dos 25 anos, já que essa é a fase em que ocorrem os primeiros processos de envelhecimento. Para quem quer buscar direto da fonte, saiba que as uvas com casca mais escura possuem maior concentração de resveratrol. “Caso haja necessidade, pode ser feita ainda a suplementação desse antioxidante. Para isso, consulte sempre seu médico ou nutricionista”, finaliza.

Fonte: Dra. Beatriz Lassance – Cirurgiã Plástica formada na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e residência em cirurgia plástica na Faculdade de Medicina do ABC. Trabalhou no Onze Lieve Vrouwe Gusthuis – Amsterdam -NL e é Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da ISAPS (International Society of Aesthetic Plastic Surgery) e da American Society of Plastic Surgery. Além disso, é membro do American College of LifeStyle Medicine e do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de Vida.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias