Estilo de Vida


Envelhecimento é desvendado por cientistas

Gene seria causador de uma aparência facial mais envelhecida


Envelhecimento é desvendado por cientistas

Você sabe por que umas pessoas não aparentam a idade que tem? Segundo cientistas holandeses o “segredo” estaria em um gene denominado MC1R. Quem apresenta mutações desse gene aparenta ser em média, dois anos mais velho dos que não apresentam a mutação.

O estudo, publicado na revista ¨Current Biology¨, demonstrou que o gene MC1R é também o responsável pela pele clara e o cabelo ruivo. Mas quem possui pele negra e cabelos em tonalidades que não seja o ruivo aparentará ser mais velho do aquele que possuir o gene em seu DNA. Então, de qualquer jeito ele irá influir na aparência humana.

O novo estudo traz a conscientização de que os fatores genéticos podem alterar a aparência do rosto no decorrer do tempo. E com isso poderão ser criadas maneiras de retardar esse envelhecimento. O estudo também abrirá caminho para se chegar a novas formas de retardar os efeitos do envelhecimento, através da descoberta de novas variantes genéticas. Ou até que aceleram o processo de envelhecimento, ajudando a combatê-lo.

Para chegar a essas conclusões os pesquisadores analisaram cerca de três mil pessoas que forneceram imagens de seus rostos, como também amostras de seus DNAs, para o denominado Estudo de Roterdã, pesquisas realizadas na área médica e iniciadas na década de 80.

Os primeiros resultados constataram que o envelhecimento era constatado nas mulheres, ao contrário dos homens, que aparentavam menos idade. Tudo devido a variações do gene MC1R. Fatores ambientais e comportamentais também teriam influência sobre a aparência. Fumo seria outro fator que provocaria o envelhecimento da pele.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias