Estilo de Vida


Saiba como minimizar os riscos de trombose

Doença leva a uma morte a cada 37 segundos no Ocidente


Saiba como minimizar os riscos de trombose

Inchaço nas pernas com dor pode ser sinal de alerta de uma enfermidade perigosa: a trombose venosa, terceira doença cardiovascular mais comum no mundo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, somente no Brasil, cerca de 120 mil novos casos de trombose venosa profunda são diagnosticados por ano. Fatores como histórico familiar, insuficiência cardíaca e obesidade podem influenciar.

Caracterizada por dor na perna, sensação de queimação e mudanças na cor da pele, a Trombose Venosa Profunda (TVP), popularmente conhecida apenas como trombose, é uma doença que requer atenção. Para isso, órgãos internacionais instituíram o dia 13 de outubro como data para que todo o mundo se conscientize sobre a gravidade do problema.

A doença se dá a partir da formação de um coágulo, chamado de trombo, em uma ou mais veias do corpo. Este coágulo pode causar o bloqueio ou prejudicar o fluxo de sangue na região, o que leva ao aparecimento dos principais sintomas. Caso esse coágulo se desprenda e circule pela corrente sanguínea, pode chegar, ao pulmão, _ processo conhecido como embolia pulmonar.

Para minimizar esses riscos, algumas dicas podem ajudar a evitar o surgimento de coágulos: evite permanecer muito tempo sentado; mantenha uma dieta equilibrada, faça exercícios físicos sob supervisão e evite excesso de peso.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias