Estilo de Vida


Vacina contra hipertensão está sendo testada

O medicamento manteve controlada a pressão arterial de ratos por seis meses


Vacina contra hipertensão está sendo testada

Quem se descobre hipertenso sabe que terá que tomar remédios para controlar a pressão a vida toda. E diariamente! Mas surge a esperança de uma vacina que pode manter esse controle por um longo tempo. É o que demonstrou um estudo divulgado pela revista “Hypertension”, uma publicação da Associação Americana do Coração: o projeto de uma vacina genética de combate à doença que anualmente mata mais de 10 milhões de pessoas no mundo. No Brasil, 25% da população têm hipertensão.

A vacina foi desenvolvida pela Universidade de Osaka, no Japão e testada em ratos. A medicação tem como alvo o hormônio angiotensina II, que eleva a pressão arterial, provocando uma contração nos vasos sanguíneos. A vacina provoca formação de anticorpos que inibem a angiotensina II, princípio semelhante ao dos remédios convencionais. O medicamento foi produzido com a tecnologia denominada “DNA recombinante”. Parte da biotecnologia leva a transferência de um gene de um organismo para outro e a produção, em larga escala, de proteínas específicas.

Alem de diminuir a pressão arterial dos ratos usados no experimento por um período de até seis meses, a vacina também reduziu danos nos tecidos do coração e dos vasos sanguíneos.

Também não foram observados danos ao rim e ao fígado. Ambos os órgãos ajudam no controle do sódio, que também podem contribuir para a hipertensão.




Clique aqui e veja todas as matérias

Veja Mais...








Clique aqui e veja todas as matérias